Soneto de Fidelidade

"De tudo ao meu amor serei atento. Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto. Que mesmo em face do maior encanto. Dele se encante mais meu pensamento. Quero vivê-lo em cada vão momento. E em seu louvor hei de espalhar meu canto. E rir meu riso e derramar meu pranto. Ao seu pesar ou seu contentamento. E assim, quando mais tarde me procure. Quem sabe a morte, angústia de quem vive. Quem sabe a solidão, fim de quem ama. Eu possa me dizer do amor (que tive): Que não seja imortal, posto que é chama. Mas que seja infinito enquanto dure".
Vinícius de Moraes.

Daisypath Vacation tickers

Daisypath Anniversary tickers

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Pontos Turísticos - Cisterna da Basílica


Boa Tarde a todos :) 

Hoje resolvi falar sobre a Cisterna da Basílica pois, na minha singela opinião, é um dos "Must see tourist attractions in Istanbul"



A Cisterna da Basílica, (em turco: Yerebatan Sarnıcı ou Yerebatan Sarayı - cisterna ou palácio subterrâneo ou afundado), foi construída no ano de 532 em cerca de alguns meses, armazenava a água distribuída à cidade pelo Aqueduto de Valente "Valens". Foi utilizada até o século XVI como cisterna de água. 


Localizada perto da Basílica de Santa Sofia, é a maior das dezenas ou centenas de cisternas construídas em Istanbul durante o período bizantino. Já que durante as guerras e cercos era costume os soldados inimigos destruírem os aquedutos e envenenarem a água, construíram-se por isso grandes cisternas, como essa, para evitar a vulnerabilidade nessas situações de guerra.

2 cabeças de Medusa foram usadas como bases das colunas, uma virada de lado e outra virada de cabeça pra baixo. Algumas cenas de filme de James Bond "From Russia with love" foram filmadas nessa cisterna.


Com gigantescos 70 metros de largura por 140 de comprimento, na sua construção foram utilizados 336 colunas, procedentes de templos pagãos da Anatólia, a maioria de ordem coríntia, colocadas a cada 4 metros, em 12 linhas de 28 colunas cada. Ocupa uma área de 10 mil metros quadrados, com um pé-direito de 8 metros de altura. A capacidade total de armazenamento de água é de 80 mil metros cúbicos. 



A cisterna que teve pouco uso durante o período otomano foi restaurada em meados do século XIX e dois terços de área foram abertos ao público para visitação. Efeitos luminosos e sonoros foram colocados criando um clima de suspense, uma atmosfera sombria, intrigante e especial. 


E olha que legal... Lá dentro da Cisterna tem um mini estúdio que oferece fantasias e tira fotos bem legais como essa: (preço? caro rsrsrs)


O que acharam?!

Beijos e até a próxima!  ♡ 




4 comentários:

Grazi disse...

Eu gostei muuuuuito desse lugar, pena que não reparei nas fantasias hahaha. Tirei tantas fotos que esqueci do resto!
Quem sabe na próxima?
Bjo! C:
Beijos!

Micaela disse...

Poxa Grazi que pena que você não viu... Na próxima com certeza você não esquece mais ;) O mini estúdio fica logo na entrada, após descer as escadas do lado direito... Beijos!

Babi Martins disse...

que maximo essa ultima foto...
Linda

Micaela disse...

Obrigada Babi!!! acho essa foto muito engraçada rsrsrsrsrsrs.